Geral
Publicado em 09/04/2017 às 00h05 | Por Assessoria
Deputado Raniery preside sessão que debateu a situação dos servidores da FUNDAC
Comentários

Na tarde da última quinta-feira (07), o deputado Raniery Paulino (PMDB) presidiu, na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), a sessão especial que debateu a atual situação dos servidores da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente - FUNDAC. A sessão contou a as presenças da deputada estadual Estela Bezerra (PSB), do presidente da FUNDAC Noaldo Meireles, da presidente do Sindicato da categoria Lúcia Brandão, representantes da Pastoral Operaria, do Conselho Estadual de Direitos Humanos, entre outras entidades representadas.  
 
Entre as reinvindicações apresentados pela presidente do Sindicato dos Funcionários da FUNDAC, Dra. Lúcia, foram pontuadas a falta de estrutura e precarização do órgão, como: unidades sucateadas, ausência de material de higienização dos adolescentes, facas, espetos e celulares entram facilmente nas unidades. As unidades são para comportarem 305 jovens internos, hoje com cerca de 646, chegando ao número de 730 internos em junho do ano passado.
 
Também entrou na pauta do debate o descumprimento, por parte do Governo do Estado, do Plano de Cargos Carreiras e Remuneração, suspensão do vale alimentação e descongelamento do percentual adicional de periculosidade. Um outro ponto muito importante que foi abordado pelos servidores da Fundação de que não há plano socioeducativo para os jovens. Além de relatos dando conta de que servidores adoecem emocionalmente, em função dos ricos psicológicos e físicos enfrentados no ambiente de trabalho.
 
O presidente da FUNDAC, Noaldo Meireles ressaltou que muitos dos problemas persistem em função da crise financeira no país e que de fato existe a necessidade de fazer ajustes na instituição. Noaldo relatou que 20 municípios são responsáveis pela chegada dos menores às unidades, especialmente Patos, sendo pela área do Sertão.
 
Segundo o presidente, há processo moroso por conta do Poder Judiciário em analisar as demandas de ações do internos que estão nas Unidades. E disse das pretensões de convocação e realização de concurso. “Convocar concursados e a realização de certame até o final da atual gestão, provocando o fim da terceirização do serviço, esse é o objetivo”, assegurou.
   
O deputado Raniery assumiu o compromisso com os servidores de que as reivindicações apresentadas e discutidas na sessão serão transformadas em pleitos por meio do seu Gabinete e levadas ao Governo de Estado. “Nossa luta pelos servidores vai continuar, propondo acima de tudo o diálogo entre a categoria e o Governo. Estamos à disposição para sermos o elo na buscar de uma solução para esta problemática”, reafirmou o parlamentar. 


COMENTÁRIOS
Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tribunal de Notícia. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Podendo retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.




Copyright © 2013. 2017 - É permitida a reprodução ou utilização do seu conteúdo, desde que citada a fonte.
Total de acessos
1586988